PROCESSOS

O FATOR HUMANO EM PROCESSOS LOGÍSTICOS

O fator humano é um dos maiores diferenciais que uma empresa pode ter, e isso se estende a negócios de todos os portes e segmentos. Mas você já parou para pensar no quanto os colaboradores são essenciais para o sucesso de seus processos logísticos?

Além de todas as responsabilidades e desafios de um gerente logístico, gerir e coordenar uma equipe, mantendo-a sempre motivada e preparada para superar obstáculos pode não ser tão simples.

O FATOR HUMANO DENTRO DA LOGÍSTICA

A logística é considerada uma área essencial para o desenvolvimento empresarial. Em uma época em que as compras pela internet se tornaram uma realidade, os negócios precisam — mais do que nunca — assegurar que seus processos logísticos sejam eficientes.

No entanto, a logística não evolui sozinha, e os funcionários são os grandes responsáveis por fazer todo o sistema funcionar. Ou seja, de nada adianta máquinas, softwares e veículos modernos se o fator humano não for devidamente trabalhado.

Enquanto ferramentas e equipamentos podem ser comprados e adquiridos por qualquer negócio, conquistar uma equipe logística de alta performance é um fator essencial para colocar a empresa em lugar de destaque no mercado.

Com isso, o que se conclui é que uma empresa dificilmente alcançará um bom nível de crescimento se não souber gerenciar o seu fator humano. Mais que isso: o gestor precisa encarar seu papel e começar a agir como um verdadeiro líder, colocando seu time na direção correta.

DICAS PARA ALCANÇAR UMA GESTÃO DE PESSOAS EFICIENTE EM LOGÍSTICA

Depois de compreender melhor o papel desempenhado pelo fator humano dentro do setor de logística, podemos, enfim, apresentar algumas dicas infalíveis para quem desejar alcançar uma gestão de pessoas mais eficiente.

Conforme dito, é imprescindível que o gestor logístico tenha controle sobre o seu grupo e domine técnicas para mantê-lo sempre engajados e motivados a alcançar os melhores resultados.

SEJA UM LÍDER E NÃO UM CHEFE

Gerenciar uma equipe não é uma missão tão simples. Cada pessoa possui um modo diferente de agir e pensar — e, por essa razão, coordenar todas essas diferenças em prol de um objetivo comum é algo que exige muita habilidade dos gestores.

Mas, de modo geral, é preciso mudar a mentalidade e começar a encarar essa missão com novos olhares e isso essencialmente demanda que você trabalhe para se tornar um líder e não apenas um chefe.

Um líder é alguém que mantém seu grupo motivado e que trabalha junto com ele. Ele está sempre presente e aberto para o diálogo, sabe apresentar autoridade sem constranger e reconhece os esforços de seus colaboradores.

APRENDA A TRAÇAR METAS DESAFIADORAS

As metas são indispensáveis para o correto funcionamento do setor de logística. Uma equipe sem objetivos não sabe o que buscar e acaba trabalhando em um ritmo aquém do que o seu potencial permite.

Assim sendo, aprenda a traçar metas que desafiem seus colaboradores e os façam sair da sua zona de conforto. Mas lembre-se de que uma boa meta deve ser, antes de tudo, possível de ser alcançada ou, caso contrário, gerará um efeito negativo no cotidiano do setor.

INVISTA EM PADRONIZAÇÃO DE PROCESSOS

Uma estratégia simples de ser implementada — mas que garante resultados expressivos na gestão do capital humano — é a padronização de processos.

Quando você consegue delimitar e orientar a atuação de sua equipe dentro de um padrão de excelência, consegue evitar erros e mantê-la treinada e motivada. Ademais, isso gera efeitos positivos à imagem da empresa, pois o cliente ficará mais satisfeito com uma logística eficiente.

No entanto, é sempre bom lembrar que a padronização não deve significar engessamento. Trabalhos puramente mecânicos não estimulam a produtividade e não geram o sentimento de comprometimento em sua equipe.

Por isso, padronize os processos, mas permita que a criatividade e o espírito inovador se façam presentes em sua rotina.

OFEREÇA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO

Um bom gerente logístico sabe que as ações de treinamento e capacitação são fundamentais para a conquista de processos logísticos mais eficientes.

Via de regra, um funcionário capacitado está mais preparado para lidar com os desafios existentes nas rotinas logísticas e consegue encontrar soluções de maneira rápida e inteligente.

Tenha um cronograma de treinamento sobre os mais diversos processos realizados em seu setor. Além disso, sempre que receber um novo colaborador, cuide para que ele tenha acesso à cultura organizacional, regras de segurança, orientações para manuseio de equipamentos e demais informações que facilitam o seu dia a dia no setor.

RECONHEÇA OS BONS RESULTADOS

Um dos fatores que mais contribuem para um ambiente de trabalho saudável e motivador é a forma com que os funcionários são tratados pelos seus superiores. De modo geral, um gestor que reconhece e elogia os bons resultados de sua equipe consegue criar o cenário ideal para crescer.

Na logística isso não é diferente. Aliás, como as pessoas são as grandes responsáveis por entregar os resultados, é importante aprender a falar e demonstrar o quanto elas são importantes e como seus esforços impactam no crescimento da empresa.

É por essa razão que um líder sabe dar valor à sua equipe e a todo momento demonstra e dá o crédito pelas boas estatísticas. Portanto, aprenda a dividir o sabor da vitória com sua equipe.

O fator humano é essencial no dia a dia do setor de logística. Como você sabe, por mais que máquinas e ferramentas modernas auxiliem o desenvolvimento do trabalho, são os colaboradores que as manuseiam e ditam o ritmo de trabalho.

Favorita.com.br