PROCESSOS

MAPEAMENTO DE PROCESSOS EM LOGÍSTICA

 

Você consegue identificar a importância do mapeamento de processos para o alcance de bons resultados no setor de logística?

Se produtividade é a palavra do momento no universo empresarial, a logística pode ser apontada como um grande diferencial competitivo. Empresas que alcançam processos logísticos eficientes estão um passo à frente de seus concorrentes, o que torna este conteúdo essencial para o seu trabalho.

POR QUE INVESTIR EM MAPEAMENTO DE PROCESSOS LOGÍSTICOS?

Antes de apresentarmos as dicas, você deve compreender o porquê dessa estratégia ser tão importante para o sucesso de seu setor. Isso torna o entendimento do material mais simplificado, e o ajuda a conquistar bons resultados.

Assim sendo, é preciso enfatizar que existem diversos benefícios em  investir no mapeamento de processos, dentre eles podemos destacar:

  • Identificação e correção de falhas de maneira mais precisa;
  • Identificação de melhorias e oportunidades para o setor;
  • Implementação de mudanças positivas para as rotinas logísticas;
  • Redução de desperdício seja de tempo, materiais ou recursos;
  • Redução de custos logísticos;
  • Ganho considerável de produtividade;
  • Maior eficiência na execução das atividades e estratégias.

Com a visualização dessas vantagens, conclui-se com facilidade que poder analisar e conceber todo o sistema logístico da empresa, incluindo o fluxo de informações e materiais, ajuda o gestor a realizar uma análise mais crítica de seu trabalho.

Consequentemente, teremos um setor de logística mais moderno, eficiente e focado em proporcionar sempre a melhor experiência ao cliente, o que é fundamental para a conquista de novos mercados e, também, para a fidelização dos clientes antigos.

 

Agora que você já entendeu os benefícios que o mapeamento de processos pode proporcionar às suas ações, vamos apresentar algumas boas práticas que garantem o sucesso dessa estratégia:

ACOMPANHE A EXECUÇÃO DE TODOS OS PROCESSOS

Mapear processos é uma estratégia que exige um acompanhamento constante de tudo o que acontece dentro de seu setor. Isso é imprescindível para que o gestor tenha uma visão mais detalhada e consiga implementar as melhorias necessárias.

Assim sendo, procure acompanhar a execução das tarefas e avaliar alguns aspectos relevantes, como:

  • Entradas e saídas de materiais e dados nos sistemas;
  • Fornecedores logísticos;
  • Métodos de trabalho aplicados;
  • Tecnologia aplicada no setor;
  • Principais clientes e demandas.

PRODUZA O FLUXOGRAMA DO PROCESSO

Depois de acompanhar de perto a execução desses processos, é hora de desenhar o seu fluxograma. Tome bastante cuidado nessa etapa, pois é importante assegurar que o desenho esteja completo e reflita exatamente como o processo é desenvolvido.

A ideia é agrupar as informações e construir um sistema lógico e sequenciado, capaz de demonstrar todas as etapas de um processo logístico.

Lembre-se de compartilhar esse fluxograma com os responsáveis pela tarefa para que possam identificar alguma falha e, assim, corrigi-la.

IDENTIFIQUE FALHAS E ERROS

Durante a execução e avaliação dos fluxogramas, é possível identificar atividades que desencadeiam falhas e prejudica o andamento de todo o processo. Ou seja, é necessário buscar pelos pontos fracos e vulneráveis da cadeia de produção, identificando com exatidão o momento em que ocorrem.

Com esses dados em mãos você poderá realizar o levantamento das possíveis causas para o problema, bem como as medidas que podem ser aplicadas para superação dessas falhas.

Por exemplo, é possível que você encontre algum processo que possa contribuir para a ocorrência de atrasos em suas entregas. Nesse caso, é imprescindível que a falha não só seja encontrada, como também superada com planejamento e estratégia.

IDENTIFIQUE OPORTUNIDADES

Tendo um mapa dos processos completo em mãos, os gestores conseguem analisar com certa precisão a realidade do seu cotidiano e isso, com certeza, ajuda a identificar boas oportunidades para a empresa.

Mais do que isso, o mapeamento de processos pode ser o seu grande aliado na busca por um diferencial competitivo para o seu negócio. Portanto, fique atento e interprete-o com atenção e tenha foco naquilo que pode ser um ponto positivo a ser trabalhado.

Nesse sentido, é possível, por exemplo, observar que a contratação de uma transportadora pode ser uma boa opção para sua empresa, já que trará mais eficiência, qualidade e rapidez às suas entregas.

REDESENHE OS PROCESSOS E IMPLEMENTE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS

Depois de seguir todos os passos apresentados, basta realizar um novo desenho para os seus processos. Ou seja, com as falhas e oportunidades identificadas, é hora de readequar o fluxograma e atualizá-lo com as mudanças que serão necessárias.

É importante que esse novo desenho seja minucioso e mostre como os processos serão executados a partir de então, elencando os benefícios que essas alterações trarão para o setor.

Em seguida basta recomeçar todo o processo e cuidar para que as atividades do setor sigam o planejamento. Isto é, se esforce para padronizar os processos e monitorá-los com frequência.

A logística, por ser um setor estratégico dentro de uma empresa, precisa atuar sempre em alta performance. Por essa razão, os gerentes e profissionais da área devem se apegar e investir em estratégias que confiram mais produtividade e eficiência às suas ações.

O mapeamento de processos é, sem dúvidas, essencial para o desenvolvimento do setor e traz inúmeros benefícios. Aliás, essas vantagens não ficam restritas ao setor e refletem na atuação de toda a empresa, que pode operar com a certeza de que sua logística é de qualidade e capaz de suprir as necessidades de seus clientes.