LOGÍSTICA

OS DESAFIOS DA LOGÍSTICA PARA O NATAL DE 2020

O setor logístico pode ser considerado o indicador que mede a eficiência e eficácia da companhia, desde a expedição até a entrega de um produto.

No ano da maior recessão econômica da história devido à pandemia do novo coronavírus, além de batermos uma das maiores altas do dólar, também estamos com um alto preço nos combustíveis e na energia elétrica. Assim, as cadeias de suprimentos sofreram muito com essas variações e se preparar para o período de fim de ano ficou ainda mais difícil.

Porém, superar estas barreiras é praticamente a “única saída” àqueles que querem se manter vivos no mercado, afinal, as vendas de natal aumentam o capital dos comerciantes todos os anos impreterivelmente em um evento que ocorre apenas uma vez no ano. Assim, pessoas qualificadas e ferramentas apropriadas são quase uma premissa para que as empresas atinjam alta efetividade logística e não comprometer a entrega das mercadorias. Mas quais serão os maiores desafios da logística de natal deste ano?

Desafios da logística de natal

Com a crescente alta dos casos do novo coronavírus no Brasil, muito tem se falado sobre a segunda onda. Assim, serão diversos os desafios logísticos enfrentados pela empresas neste ano. Listamos aqui os principais deles para que você se atente e consiga se prevenir com relação a estes entraves.

Estoques

Em primeiro lugar entre os desafios da logística de natal vêm os estoques. Principalmente neste ano, é preciso estar muito atento aos estoques pois o poder de compra da população está bastante reduzido e aqueles que possuem reservas estão optando por poupar dinheiro.

Além disso, muitas vezes o próprio estoque lhe trará custos de armazenamento. Vale lembrar que a superprodução consiste em desperdício, segundo o Lean e um estoque muito alto pode gerar desperdícios no seu armazém.

Transportes

É impossível falar de logística sem falar de transportes, não é mesmo? A questão de transportes já leva em conta fatores como o roteiro a ser seguido até o produto final chegar ao cliente. Nestes casos, aplicativos de roteirização podem ser muito úteis, pois economizam tempo calculando as condições de tráfico e evitam que você acabe passando por congestionamentos.

Uma outra saída é contratar um 3PL. O termo refere-se à terceirização dos processos de logística de comércio eletrônico, incluindo gerenciamento de estoques, armazenamento e atendimento. Pode ser muito útil para traçar a sua estratégia de vendas e, principalmente concentrar esforços em outras áreas, além de reduzir custos, ganhar tempo e levar tecnologia à gestão da sua cadeia de suprimentos sem precisar de grandes mudanças e deixando-a mais ágil.

Quer saber mais sobre 3PL? Confira também:

Tipo de produto

Outro fator de bastante peso para o natal é considerar o tipo de produto que você está comercializando. Lembre-se que existem produtos mais voláteis ao mercado em momentos de crise como a que estamos passando neste momento. É o caso do comércio de produtos não essenciais, ou seja, aqueles que não estão ligados à saúde, segurança, alimentação e/ou educação.

Considere também, tanto para a questão de estoques, como para a de transportes que, caso o produto seja perecível, pode aumentar ainda mais os custos com estoques e transportes por conta de, muitas vezes, ter que propiciar um acondicionamento especial para os mesmos.

Previsão de demanda

Com as mudanças inesperadas no perfil de consumo da população fica muito difícil de realizar previsões de demanda para esta época do ano. Isso, por sua vez, pode resultar em um “efeito chicote” na curva de demanda, ou seja, pedidos desproporcionais, o que pode acarretar em sobras excessivas de produtos.

Uma alternativa é utilizar ferramentas de planejamento de demanda que sejam adaptáveis às mudanças de comportamento. A gestão da cadeia de suprimentos ágil também pode ser bastante efetiva ao lidar com essas oscilações de demanda.

O planejamento avançado de suprimentos é outra solução para entender o cenário. Ele oferece visibilidade sobre todas as linhas de produção, permitindo a você um maior controle de produção, oferecendo um mapeamento mais lucrativo do que está em excesso ou falta no seu estoque. Assim, permite às empresas ter lucro no curto prazo porque fornece o comportamento de consumo naquele exato momento.

As lições deixadas pela pandemia estão sendo assimiladas pelas empresas conferindo ainda mais agilidade para as cadeias de suprimentos. A adoção de medidas preventivas além de repensar o plano de negócios a fim de se adequar aos cenários atuais será constante a partir de agora. O momento é de repensar as estratégias já utilizadas e enxergar as novas oportunidades de negócios.

www.favorita.com.br