Logo da Favorita Transportes

9 tendências em logística: inovações que irão moldar o setor nos próximos anos

TendênciasRedação Favorita17 de outubro de 2023
9 tendências em logística: inovações que irão moldar o setor nos próximos anos

Uma área em constante transformação. É assim que a logística se adapta a um mundo cada vez mais tecnológico e competitivo. Qualquer empresa entende que, para se manter à frente dos concorrentes, é necessário adotar uma abordagem mais flexível para transformar processos e implementar os mais recentes avanços tecnológicos e estratégias mais robustas para ter sucesso. 

 

Por isso, novas tecnologias devem guiar o setor nos próximos anos para garantir maiores vantagens competitivas e tornar as empresas mais eficientes e produtivas.  Tanto que, de acordo com pesquisa da StartUs Insights, as principais tendências em logística estão conectadas ao uso de tecnologias inovadoras, como cadeias de suprimentos conectadas, inteligência artificial (IA), robótica, automação entre outros. 

 

Basicamente, nos próximos anos, a logística irá avançar no caminho de tornar as cadeias de abastecimento centradas nos clientes e ser mais sustentável. Com o apoio da automação de processos, o setor deve conquistar ainda mais produtividade e eficiência. E a busca por maior transparência e rastreabilidade na cadeia de abastecimento deve tornar os relacionamentos mais flexíveis e dinâmicos.

 

Tendências em logística para os próximos anos

 

Em um ambiente de mudança, uma cadeia de abastecimento moderna exige a implementação de soluções que garantam a resiliência em relação aos desafios que as empresas do setor devem enfrentar nos próximos anos, e novas tecnologias devem ditar o futuro do setor: 

 

Internet das coisas (IoT)

 

A IoT na logística contribui para aumentar a visibilidade por todas as etapas da cadeia de abastecimento, melhorando a gestão de inventário. Ao integrar dispositivos conectados às operações logísticas, as empresas conquistam maior transparência e visibilidade sobre as mercadorias em tempo real, permitindo, por exemplo, o monitoramento mais eficiente de temperatura e umidade no transporte de cargas sensíveis. 

 

Mas o impacto da IoT no setor vai ainda mais longe, tornando mais fácil a adoção da análise preditiva para as empresas anteciparem tendências de demanda, otimizem rotas e programação, assim como reduzir o impacto socioambiental por meio do rastreamento do consumo de combustível. 

 

Inteligência artificial (IA) e robótica

 

Nos últimos anos, sistemas baseados em IA já vêm sendo adotados por diversas empresas e no setor logístico isso não é diferente. Previsões baseadas em IA permitem aos gestores otimizar processos por toda a cadeia de abastecimento, reduzindo o desperdício. As empresas também utilizam a tecnologia para tornar o gerenciamento de rotas mais eficiente, reduzindo o consumo de combustível e as emissões de carbono. 

 

Chatbots e assistentes virtuais baseados em IA aperfeiçoam a comunicação com clientes, parceiros e fornecedores. Robôs e drones podem ser utilizados para melhorar a eficiência e reduzir custos na gestão de estoque, realizando a coleta e transporte de mercadorias. Além disso, as empresas podem utilizar dados para realizar avaliações de riscos e detecção de fraudes, tornando o rastreamento e proteção de remessas mais eficiente. 

 

Entrega na última milha

 

O uso da tecnologia está transformando a entrega na última milha. Métodos alternativos de entrega, como robôs e drones, permitem driblar desafios com o tráfego em grandes cidades e garantem entregas mais rápidas e eficientes. Novas opções de entrega no mesmo dia, junto com o uso de armários inteligentes, roteamento baseado em dados e iniciativas voltadas para a sustentabilidade, como o uso de veículos elétricos, tornam o serviço mais conveniente, eficiente e responsável socialmente. 

 

Automação do armazém

 

Veículos autônomos, sistemas robóticos de coleta, sistemas automatizados de armazenamento e recuperação e sistemas de coleta putwall agilizam os processos dentro de um armazém, impactando diretamente na entrega dos produtos. A adoção da automação do armazém reduz erros e aumenta a produtividade, garantindo que os produtos sejam coletados, embalados e enviados para a entrega com a máxima precisão. 

 

Blockchain

 

O Blockchain, por garantir a integridade e imutabilidade dos registros, pode transformar o setor logístico, que depende de documentos fidedignos e à prova de falsificação. Com a tecnologia, as empresas têm acesso a informações precisas e em tempo real sobre a movimentação de mercadorias, aumentando a visibilidade e rastreabilidade, tornando o processo de desembaraço aduaneiro e processamento de pagamentos, por exemplo, mais ágeis, eficientes e seguros, acelerando processos por toda a cadeia de suprimentos. 

Big data a análise de dados

 

A análise de dados permite que as empresas tenham acesso a insights para melhorar processos e a tomada de decisões. As empresas de logística podem usar a análise para monitorar a posição da frota ou as condições climáticas e do trânsito, permitindo ajustes dinâmicos de rota para melhorar o planejamento de entrega. 

 

Além disso, a análise de dados permite que o relacionamento com fornecedores seja melhorado, ajustando estratégias de preço e tornando o gerenciamento de estoques mais eficaz. Da mesma forma, as empresas podem realizar uma análise de riscos mais abrangente, identificando tendências e possíveis problemas e vulnerabilidades na cadeia de abastecimento. 

 

Veículos autônomos

 

O uso de veículos autônomos elimina erros humanos causados pela fadiga ou distração do motorista. Isso garante que as mercadorias sejam transportadas com segurança e sem acidentes, e podem ser muito úteis para operações de entrega de primeira e última milha, tornando-as mais rápidas e flexíveis. 

 

Logística elástica

 

A logística elástica é uma modalidade que permite gerenciar operações com maior eficiência. Com ela, as empresas conseguem aumentar ou reduzir rapidamente suas operações de acordo com a demanda. Esta abordagem também contribui para evitar a subutilização da frota, adaptando a capacidade de acordo com a procura para reduzir custos e o impacto ambiental. 

 

Ela também ajuda as empresas a lidarem com restrições de armazenamento, ajustando dinamicamente os requisitos de espaço e os níveis de inventário para estarem alinhados a procura. 

 

Logística verde

 

Também conhecida como logística sustentável, ela engloba um conjunto de políticas e medidas voltadas para diminuir o impacto ambiental causado pelos processos logísticos. A utilização de veículos autônomos, o uso consciente de recursos, a eliminação de desperdícios, a destinação correta de embalagens e resíduos e novas formas de entrega são algumas das formas que as empresas têm para contribuir com o meio-ambiente. 

 

A logística no futuro

 

Com as expectativas dos clientes crescendo continuamente, o setor precisa prestar ainda mais atenção às tendências que irão moldar a logística no futuro. E os próximos anos deixam claro que elas precisam investir em novos sistemas e tecnologias para continuarem relevantes em um mercado competitivo, buscando agilizar processos e reduzir erros. 

 

Com as expectativas dos clientes crescendo continuamente, o setor precisa prestar ainda mais atenção às tendências que irão moldar a logística no futuro. E os próximos anos deixam claro que elas precisam investir em novos sistemas e tecnologias para continuarem relevantes em um mercado competitivo, buscando agilizar processos e reduzir erros. 

 

Por isso, a Favorita oferece soluções de transporte com alto padrão de qualidade para garantir a satisfação dos clientes e a melhoria contínua dos serviços. Fale com nossos especialistas e conheça nossas soluções. 

Compartilhe:
Suporte Favorita Transportes

Horário de atendimento: 8:00 às 18:00, segunda à sexta

Imagem de fundo whatsapp
Favorita Transportes

Olá, como posso ajudá-lo?

19:30