Logo da Favorita Transportes

O que é logística reversa e seus benefícios

LogísticaRedação Favorita29 de março de 2023
O que é logística reversa e seus benefícios

Você já se perguntou sobre como as coisas podem ser reaproveitadas depois de consumidas? Se a resposta é sim, provavelmente você é uma pessoa antenada nas questões mais atuais, a nível global, e refletiu sobre parte de um processo chamado logística reversa. Mas como as partes não podem ser maiores que o todo, esse processo não se limita apenas ao momento do pós-consumo, mas englobando também o processo de pós-venda.

Se você quer entender mais sobre esse tema, esse artigo é para você!

Leia até o final!

 

O que é logística reversa?

Desde que a Política Nacional de Resíduos Sólidos foi publicada em 2 de agosto de 2010, a partir da Lei Nº 12.305, o conceito de logística reversa passou a ter mais força. Nela se estabeleceu um acordo entre os diversos setores da indústria brasileira: de fabricantes a comerciantes, passando por importadores e distribuidores, formalizando a responsabilidade comum no que se refere ao ciclo de vida do produto.

Tanto órgãos públicos quanto empresas privadas formalizaram o dever de promover ações que englobam desde a conscientização dos impactos dos ciclos de vida de um produto no meio ambiente e na sociedade, passando pela redução dos resíduos sólidos e rejeitos que são liberados, até questões de saúde pública.

Pense, por um instante, em alguns tipos de materiais, como:

● Baterias;

● Eletroeletrônicos;

● Plásticos;

● Elementos radioativos;

● Elementos orgânicos.

Estes itens pertencem a classes de materiais que representam desafios às políticas sustentáveis. E a logística de que falaremos hoje trata justamente de superar este desafio.

 

Tipos de logística reversa

Enquanto processo dinâmico, a logística reversa possui 3 formas possíveis de aplicação, a saber:

● Durante o pós-venda;

● Durante o pós-consumo;

● No momento do reuso.

No primeiro cenário temos os produtos que foram pouco aproveitados ou sequer foram utilizados, estando em condições de reaproveitamento, de modo mais efetivo. A intenção, com isso, é evitar que haja desperdícios de tempo e recursos, maximizando a aplicação desses produtos.

Já no segundo cenário se considera o resultado da utilização e aplicação desses produtos e recursos de que falamos anteriormente; se no pós-venda se reaproveita produtos que não tiveram todo seu potencial aproveitados, se recebe os produtos que precisam ser colocados em condições de consumo, seja por parte de setores de produção como por parte dos consumidores finais. Nessa fase, a reciclagem é fundamental, pois além de cumprir com as práticas necessárias para trabalhar os materiais que precisam de reciclagem, ela também gera empregos, impactando diversos setores da sociedade. Para se entender a importância dessa fase da Logística Reversa, podemos considerar o fato de que, no Brasil, anualmente, mais de 27 milhões de toneladas de materiais recicláveis.

Por fim, temos o cenário do reuso, em que o produto é reciclado e colocado novamente em circulação, seja para atividades em indústrias e empresas, ou retornando para as casas de milhões de brasileiros.

 

Como funciona a coleta?

O processo de coleta é de extrema importância. Basta que se pense que essa é a primeira fase antes que os produtos e materiais sejam colocados novamente em circulação ou reciclados.

 

Coleta no endereço do cliente:

Também é chamada de Logística Reversa Domiciliar, é quando um item é comprado pelo e por alguma razão é devolvido. O cliente deve entrar em contato com o estabelecimento em que a compra foi feita para solicitar que a coleta daquele material seja feita. Essa coleta compreende o momento do pós-venda.

 

Pontos de coleta:

São os locais indicados para o descarte apropriado de cada material. Por exemplo: quando se vê lixeiras com cores e símbolos específicos,é para indicar o tipo de material que deve ser depositado ali, seja orgânico, plástico, metal.

Outro exemplo de ponto de coleta são os lugares destinados ao recebimento de óleos especiais para máquinas, como os usados em motores de carros. Eles são levados para serem submetidos a um novo processo.

 

Troca em loja física:

É comum em shoppings ou grandes redes de mercados encontrar pontos de troca de óleos de cozinha, por exemplo. Mediante a troca, vouchers com descontos podem ser liberados. Mas o mais interessante é que isso é parte do processo que movimenta toda a sociedade.

 

Vantagens e importância da logística reversa

Enquanto metodologia, as vantagens são inúmeras. Vejamos agora algumas delas.

 

Redução de custos:

Produtos reaproveitados ou mesmo reciclados possuem baixo custo, não apenas imediato, mas a médio e longo prazo, promovendo economia e permitindo preços mais acessíveis.

 

Otimização de processo:

Se pensarmos que o conceito de Logística Reversa engloba diversos processos, que vão desde a reciclagem até um novo ciclo de vida para o produto ou material, veremos que a otimização desses processos não apenas facilita e viabiliza a sua dinâmica interna, mas também a relação com a as malhas sociais em que se inserem.

 

Fortalecimento de relacionamento:

Ao integrar diversas esferas da sociedade e atribuir sentido objetivo às ações, a Logística Reversa fortalece os relacionamentos dos envolvidos.

 

Vantagem Competitiva:

É possível controlar com mais efetividade os estoques, as condições de produção e armazenamento e garantir a qualidade. As vantagens competitivas sobre empresas que não se acomodam às novas tendências são certamente superiores.

 

Sustentabilidade:

A Logística Reversa se auto mantém, uma vez que é dinâmica e eficaz e garante processos integrados às mais diversas realidades e condições. Por ser integrativa, também gera baixos custos, como já apontamos.

Quanto à importância, podemos dizer que está no desenvolvimento, focado em sustentabilidade e permitindo que as gerações futuras usufruam de melhores condições sócio-econômicas. Permite que empregos sejam gerados e que os impactos positivos no meio ambiente sejam vistos em contexto contemporâneo. Logística Reversa é sinônimo de progresso.

 

Como implementar uma Logística Reversa?

Veja a seguir algumas dicas:

● Estabeleça uma política sólida de trocas ou devoluções;

● Organize um SAC;

● Investigue os motivos de trocas ou devoluções;

● Observe resultados;

● Dê o destino certo às mercadorias devolvidas;

● Conte com bons parceiros de transporte.

 

Concluindo…

Quando o assunto é Logística Reversa, dois dos pontos mais expressivos são a sustentabilidade e a reciclagem. Infelizmente, no Brasil, apenas 4% de todo o lixo produzido é reciclado, interferindo gravemente na sustentabilidade. A logística reversa, principalmente por essa questão, se mostra urgente. Educar-se nela é um ato de cidadania e significa pensar nos bem-estar das gerações futuras.

Agora…

E se precisar de uma transportadora que otimize a sua logística reversa, o nosso time de especialistas estará à sua espera. O nosso compromisso é impactar positivamente a sociedade. 
Fale conosco AGORA MESMO!

Compartilhe:
Imagem de fundo whatsapp
Favorita Transportes

Olá, como posso ajudá-lo?

14:25